DOMÓTICA

Não demora muito explicar o que significa a palavra “DOMÓTICA”. É uma palavra que combina as palavras "domus" (casa em latim) e "automação", mas adicionando de alguma forma a atribuição de um “QI” à habitação ou edifício a que se aplique.


No fundo, a domótica é nada mais, nada menos do que o conjunto dos sistemas eléctricos e electrónicos, que agindo de forma interligada, permitem a automatização dos serviços de gestão energética, comunicação, segurança e conforto numa habitação ou edificio. As pesquisas na área de automação predial inteligente, também chamada domótica inteligente, são recentes. Por este motivo, o conceito de domótica inteligente, por vezes, pode ser confundido com o conceito de automação.
Entende-se por domótica inteligente o processo de automação que incorpore algum mecanismo automático de tomada de decisão baseada em técnicas de Inteligência Artificial.

Com este conceito, não são os utilizadores que tem de se adaptar ao funcionamento pré-programado de uma edificação automatizada e mudar o seu modo de vida ou de trabalho, mas é o proprietário que programa o sistema e ajusta a sua actuação em função das necessidades e comportamento dos seus utilizadores.


Assim, de modo simples, as pessoas podem controlar as funções diárias e avançadas da sua própria casa, desde a iluminação, climatização e estores, até à comunicação com a própria instalação através de uma simples mensagem de texto ou da Internet.



A Domótica é uma Solução para si quando responde positivamente a quatro questões:


Necessidade de Segurança (intrusão, fuga de gás, incêndios, inundações), de Economia de energia e de Comunicações?

Que Utilidade? Fornece condições de Conforto, Bem estar e dia-a-dia facilitado?

Facilidade de Utilização, Aprendizagem, Basta “Ligar(-se) e usar”?

Preço Aceitável face ao Comportamento do sistema, Instalação do sistema, Integração de uma nova função, Manutenção?


A solução de domótica implementada deve ser fácil e intuitiva para o utilizador final, caso não o seja, significa que ainda não está adequada e deve ser melhorada.


Sistemas de domótica cablados – sistemas bus KNX - que personalizam uma casa nova ou em reabilitação;

Sistemas de radiofrequência (em várias divisões) ou de infravermelhos (numa única divisão) que minimizam as alterações/obras em casas já construídas.


Ao nível das funções e complexidade dos sistemas de domótica utilizados numa instalação, é possível distinguir pelo menos dois tipos de sistemas de acordo com as funções:


1- Soluções autónomas: Compostas por sistemas autónomos não interligados que gerem uma função independente ( detectores de fumo autónomos com som e luz, detectores de gás, estores automáticos centralizados, etc que funcionam de forma remota ou manual, não permitindo a comunicação entre si e a relação com outros equipamentos avançados.

2- Habitação/Edifício digital ou domótica: A solução onde todos os sistemas avançados podem estar integrados: domótica, comunicações, entretenimento, multimédia e serviços de acessibilidade, etc. A personalização neste tipo de instalações pode ser total. Este nível de exigência requer um sistema aberto de comunicação, capaz de compreender e integrar-se com outros protocolos e serviços.

Utilizado para

A Domótica permite o uso de dispositivos para automatizar as rotinas e tarefas de uma casa. Normalmente são feitos controlos de temperatura ambiente, iluminação e som, distinguindo-os dos controlos normais por terem uma central que comanda o todo, usualmente um computador com ou sem acesso à internet.

Num empreendimento ou edifício de maior envergadura o sistema integrado de controlo de todas as soluções instaladas garante os acessos e controlo das diversas actividades, remota ou localmente, através de qualquer tipo de dispositivo.

Vantagens

Aumento do seu nível de conforto e valorização do seu empreendimento ou habitação; permite tornar as infra-estruturas onde se apliquem, mais modernas, mais práticas e fáceis de usar, mais fáceis de controlar, mais económicas energeticamente (por exemplo, com a implementação de um detector de movimento que controle a iluminação pode-se atingir uma redução do consumo energético até 40%.), e mais seguras.

Produtos

Iluminação interior e exterior
Automação de ambientes
Automacao de cozinhas
Automação de áudio e vídeo
Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies. Saber Mais